capa
100 dias de Bolsonaro: como as marcas aproveitaram
São Paulo, 10 de Abril de 2019 ás 10h40

Empresas utilizam criatividade para pegar carona nas polêmicas

por LEONARDO ARAUJO          
 
Após 100 dias do governo Jair Bolsonaro, uma coisa é certa: as marcas que gostam de pegar carona nas conversas sociais estão aproveitando.
 
Literalmente, desde o dia da posse há empresas utilizando ferramentas como o social listening para se promover.
 
Um dos exemplos foi a marca brasileira de caneta Compactor, que decidiu aproveitar a repercussão da posse do presidente ainda em janeiro.
 
Sediada em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, a empresa celebrou em suas redes sociais o fato de o político utilizar o modelo Economic para assinar o termo de posse.
 
"Presidente @jairmessiasbolsonaro assinou a posse com Caneta 100% Brasileira. Compactor Economic. Uma honra ver nossa marca ajudando a escrever um capítulo tão importante na história do país", disse a marca num post do Instagram.
 
Posteriormente, o marketing da empresa trabalhou para comemorar o acontecimento de uma maneira especial e criou uma peça com o título: "Economic. A caneta ideal para quem precisa enxugar o orçamento". A arte virou post de oportunidade e foi postada nas redes da marca. 
 
Não houve agência por trás da criação. Ela foi feita pelo time de marketing interno da empresa.
 
 
Ainda em janeiro, a Trident resolveu se posicionar sobre uma polêmica envolvendo um vídeo protagonizado por Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos. Na filmagem divulgada, Damares aparecia dizendo que é uma "nova era no Brasil" e que "menino veste azul e menina veste rosa".
 
A Trident criou um post de oportunidade para aproveitar o buzz do momento.
 
"Você escolhe e Trident apoia a sua liberdade. #CorNãoTemGênero", diz a descrição da peça criada pela F/Naca e que mostrava duas embalagens distintas do produto: uma rosa, para meninos, e uma azul, para meninas.
 
 
Uma das marcas que mais aproveitaram as notícias relacionadas ao governo foi a Cerveja Rio Carioca. As peças assinadas pela agência Onzevinteum abordaram a polêmica sobre o Hino Nacional, celebração do Golpe de 64, golden shower, entre outros temas.
 
 
 
 
Agora, resta saber como serão os próximos 100 dias do governo de Jair Bolsonaro e se as marcas conseguirão entrar nas conversas sociais.
 
Imagens: Divulgação.



PropMark (10.04.19)



Comentários

    Atenção para o vencimento: 31 de janeiro
    

  Cadastre-se e receba nossa
  newsletter mensal




Filiado à

Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de São Paulo - Av. Brigadeiro Faria Lima, 1656 2°andar - Conjunto 21 - Jardim Paulistano
CEP 01451-001 - São Paulo - SP - Telefone: 11 3035-0099 - atendimento@sinaprosp.org.br

Todos os direitos reservados – Sinapro-SP – Desenvolvido por Dainet