capa
Vendas de Páscoa podem crescer 3%, diz pesquisa da FCDLESP
São Paulo, 16 de Março de 2018 ás 11h11

Com ticket médio esperado de R$ 60,00 a R$ 150,00, comerciantes do estado de São Paulo acreditam em estabilidade

Lojas de chocolate e supermercados são os departamentos com mais chances de crescer nesta Páscoa com aumento previsto para até 3%, afirma a pesquisa de expectativa de vendas realizada pela FCDLESP (Federação das Câmaras Dirigentes dos Lojistas do Estado de São Paulo). Para o período, comerciantes do estado continuam com previsões conservadoras, esperando um ticket médio mais baixo.

“Estamos no começo do ano, cujo período é de acúmulo de contas. Por isso, vemos comerciantes com receio de fazerem grandes apostas para datas como a Páscoa, que tendem a favorecer mais o ramo de alimentação.  No decorrer de 2018, teremos resultados mais positivos em outros setores. O mercado deve estar mais favorável para o crescimento do varejo esse ano”, afirma o presidente da FCDLESP, Mauricio Stainoff.

A pesquisa traz ainda dados das CDLs do estado que, afirma que as contratações temporárias podem ter números positivos nas principais cidades do estado, assim como expectativas melhores para as vendas. Os dados seguem abaixo:

Litoral

No litoral de São Paulo, cidades como Santos, Guarujá e Praia Grande mantém a expectativa de venda com ticket médio entre R$ 60,00 e R$ 120,00.

Para a CDL Santos-Praia, as vendas de Páscoa podem impulsionar um crescimento igual ao ano passado, que obteve 3% de aumento. Mesmo com uma visão mais conservadora, o diretor de marketing da CDL, Zerri Torquato, afirma que podem ter contratações temporárias. “Acreditamos em cerca de 50 vagas, com possibilidade de contratação dependendo da demanda e do desempenho do colaborador”, acredita.  

Já a CDL do Guarujá acredita que as vendas vão crescer em 2% se comparadas às de 2017. A auxiliar administrativa da CDL, Valmira Castro, afirma que os principais beneficiados nesta época são supermercados e lojas especializadas já que pretendem abrir cerca de 30 vagas para contratações temporárias.  

Na Praia Grande, a visão de crescimento está mais otimista do que em outras regiões. A CDL da cidade acredita no aumento de 7% do volume de vendas durante o período.

ABC

Esperando um leve crescimento no período da Páscoa, a região do ABC acredita que as vendas podem aumentar em 5% em 2018. Os comerciantes esperam que os consumidores gastem em torno de R$ 100,00 e R$ 150,00 em supermercados e indústrias ligadas ao segmento alimentício, como doces e chocolates.

Estes estabelecimentos também pretendem abrir vagas para contratações durante o período. “Há boas oportunidades de vagas temporárias em todo o ABC. Uma vez que o contratante tem a oportunidade de acompanhar o desempenho do terceirizado, há grande chance de efetivação, principalmente neste momento em que a economia está aquecendo”, afirma o presidente da CDL de São Bernardo do Campo, Marcello Alexandre.

Região Central

A região Central do estado de São Paulo, como Bauru, prevê um pequeno crescimento de 3% nas vendas. O ticket médio esperado para os consumidores gastarem na data é de R$ 60,00 a R$ 150,00.

Na região de Jaú, a expectativa da CDL da cidade é de cerca de 50 vagas temporárias. O presidente da entidade, Alexandre dos Santos, afirma ter possibilidade de efetivação dependendo do desempenho de cada contratado.

Interior

Com previsão de crescer apenas 1% quando comparado a 2017, a CDL de Cruzeiro não espera que o consumidor esteja aberto a grandes gastos neste período, não ultrapassando um ticket médio de R$ 60,00. “Esta pode ser a pior Páscoa desde 2008”, afirma o presidente, Breno Santiago.

Em relação às contratações temporárias, Santiago afirma que podem abrir cerca de 20 vagas em supermercados da região.



abc da comunicação (15/03/2018)



Comentários

    Atenção para o vencimento: 31 de janeiro
    

  Cadastre-se e receba nossa
  newsletter mensal




Filiado à

Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de São Paulo - Av. Brigadeiro Faria Lima, 1656 2°andar - Conjunto 21 - Jardim Paulistano
CEP 01451-001 - São Paulo - SP - Telefone: 11 3035-0099 Fax: 11 3035-0091 - atendimento@sinaprosp.org.br

Todos os direitos reservados – Sinapro-SP – Desenvolvido por Dainet