capa
RaiaDrogasil é a empresa do ano no Melhores e Maiores da Exame
São Paulo, 08 de Agosto de 2017 ás 11h34

Cerimônia em São Paulo premiou as que se destacaram em 20 setores da economia
 
Na noite desta segunda-feira (7), aconteceu a 44ª edição do evento Melhores e Maiores, da revista Exame. Foram premiadas as empresas que se destacaram e conseguiram ganhar eficiência em 20 setores da economia em 2016, além da melhor do agronegócio e a Empresa do Ano.
 
Entre as campeãs figuram Whirpool (Eletroeletrônicos), Cielo (Serviços, vencedora pela 11ª vez consecutiva), Vivo (Telecomunicações), Sabesp (Infraestrutura), MRV Engenharia (Indústria da construção), Roche (Farmacêutica), Minerva Foods (Melhor do Agronegócio) e RaiaDrogasil (Varejo e Empresa do Ano).
 
Em seu discurso de agradecimento, Marcílio Pousada, presidente da RaiaDrogasil, lembrou o histórico da RD, fruto de uma fusão em 2011 das marcas Raia e Drogasil. Ao resgatar as origens das duas, que têm 115 e 82 anos, respectivamente, ele destacou que empresas centenárias são exceções no país e que os pilares da longevidade  é manter o norte de ter gente cuidando de gente.
 
O executivo aproveitou a presença de Henrique Meirelles, Ministro da Fazenda, para reforçar um pedido da classe empresarial. "Apostamos no Brasil. Queremos sempre fazer o melhor, só precisamos de liberdade empresarial. Precisamos que o governo deixe os empresários trabalhar", afirmou Pousada. "Mais uma vez, obrigado pelo prêmio. E continuem comprando com a gente", disse, arrancando risos da plateia.
 
Antes da cerimônia, Walter Longo, presidente do Grupo Abril, já havia adiantado que o ranking continha muitas mudanças e seria uma demonstração de "competência" da iniciativa privada. "Elas fizeram a lição de casa. Cortaram custos, se tornaram mais ágeis, reviram sua forma de atuar, trabalharam com estruturas mais matriciais, pensaram em ampliar mercados etc. Estão todas de parabéns. Em um dos anos mais críticos e difíceis elas tiveram resultados muito acima do esperado", afirmou.
 
Segundo ele, um dos destaques do cenário desse ano é que as empresas estão tocando em frente alheias ao que acontece na política. "Estamos sentindo um certo descolamento da economia com a política, não era sem tempo. O Brasil ainda tem um governo muito forte e importante no cenário econômico, mas eu sinto que as empresas resolveram tocar em frente independentemente do que acontece em Brasília. As 500 melhores e maiores tomaram essa decisão e estão seguindo com números surpreendentes, liderando esse caminho."
 
Marcada para 20h, a premiação começou às 21h com um vídeo de apresentação sobre os 50 anos de Exame, destacando o aniversário da publicação. Em seguida, Longo fez a abertura oficial do evento reforçando a importância da iniciativa privada e comentando o que chamou de processo de reeducação do país.
 
"A iniciativa privada é o melhor caminho, senão o único para tirar o país dessa crise. As soluções passam por nós e não pelo governo. [...] É muito bom que apesar da crise política, que se demonstra interminável, as empresas resolveram focar nos negócios, ser donas do seu próprio destino e tocar o Brasil em frente, independentemente do que se passa em Brasília. Esse é o melhor sinal e a melhor notícia de todas. [...] Apesar de todos os problemas que estamos enfrentando nas esferas política, social e econômica, esse sofrimento nada mais é que dores de parto de um novo Brasil, mais justo e mais honesto", disse.
 
Os vencedores foram apresentados logo em seguida um a um com uma breve apresentação da mestre de cerimônia. Os troféus foram entregues por Victor Civita Neto, presidente do Conselho Editorial do Grupo Abril; André Lahóz Mendonça de Barros, diretor de redação de Exame; Alecsandra Zapparoli, publisher e diretora editorial do Grupo Abril; e Longo.
 
O encerramento da premiação foi feito por Meirelles, que comentou o cenário político-econômico do país. De acordo com ele, o Brasil vive um momento de retomada e há evidências de que a recessão já ficou para trás. "Quando assumimos visávamos dois objetivos. O primeiro, a curto prazo, é resgatar a economia brasileira, interromper a recessão e retomar o crescimento do país. O segundo, mais a médio e longo prazo, foi elevar a taxa de crescimento potencial da economia, através de ganhos de produtividade. A primeira está em andamento, a economia está crescendo", afirmou.
 
O ministro também afirmou que o desemprego caiu, a massa salarial cresceu e indídios de uma recuperação sólida da economia. Ele comentou ainda as reformas já feitas ou previstas,  como a trabalhista, aprovada, a da previdência, que está voltando a pauta, e a tributária que deve ganhar força nos próximos meses. "Em resumo pretendemos até o final do ano encerrar o ciclo de reformas macroeconômicas do Brasil."
 
Ainda em tom otimista, ele parabenizou os vencedores. "Os indices já começam a melhorar. Temos um Brasil que começa novamente a voltar a uma perspectiva de crescimento sustentável. Meus parabéns aos ganhadores e todos aqueles que inovam, crescem e trabalham para a sustentação do crescimento brasileiro. Saio daqui hoje mais confiante de que vamos voltar a crescer e ter o país que todos queremos." 
 
O resultado da 44ª edição de Melhores e Maiores foi feito a partir de balanços de 3.000 empresas e 80.000 indicadores financeiros, trabalho feito em parceria com a Fipecafi (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras), ligada à FEA (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade) da Universidade de São Paulo.
 
A cerimônia foi realizada na Sala São Paulo, região central da cidade, com transmissão ao vivo na homepage do site Exame e na página de Exame no Facebook. O ranking completo das 500 maiores empresas do país será publicado numa edição especial de Exame, que estará nas bancas, no site e no aplicativo da revista na próxima quinta-feira (10). 
 
Confira os premiados da noite (categoria - vencedor), por ordem de apresentação:
 
Atacado - Rodoil
Autoindústria - Fras-le
Bens de capital - Weg SA
Bens de consumo - Laticínios Bela Vista
Eletroeletrônicos - Whirpool
Energia - Isa Cteep
Farmacêutica - Roche
Indústria da Construção - MRV Engenharia
Indústria Digital - Data Prev
Infraestrutura - Sabesp
Melhor do Agronegócio - Minerva Foods
Mineração - Vale
Papel e celulose - Klabin
Química e petroquímica - Refinaria de Petróleo Riograndense
Saúde - Prevent Sênior
Serviços - Cielo
Siderurgia e metalurgia - Arcelormittal Brasil
Telecomunicações - Vivo
Têxteis - Beirario
Transporte - PB Log
Varejo - RaiaDrogasil
Empresa do Ano - RaiaDrogasil



Propmark (08/08/2017)



Comentários

    Atenção para o vencimento: 31 de janeiro
    

  Cadastre-se e receba nossa
  newsletter mensal




Filiado à

Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de São Paulo - Av. Brigadeiro Faria Lima, 1656 2°andar - Conjunto 21 - Jardim Paulistano
CEP 01451-001 - São Paulo - SP - Telefone: 11 3035-0099 Fax: 11 3035-0091 - atendimento@sinaprosp.org.br

Todos os direitos reservados – Sinapro-SP – Desenvolvido por Dainet