capa
Facebook indica foco estratégico em vídeo
São Paulo, 19 de Abril de 2017 ás 10h28

Cada vez mais uma empresa focada em vídeo. Essa é a estratégia desenhada para o Facebook no curto e médio prazo que ficou clara nesta terça-feira, 18, durante a F8, conferência anual de desenvolvedores realizada pela plataforma. Em seu discurso, Mark Zuckerbeg, CEO e fundador do Facebook, ressaltou a importância do vídeo no contexto dos usuários da plataforma e anunciou um novo recurso, o Camera Effects, que será, segundo ele, fundamental para que desenvolvedores construam ferramentas de realidade aumentada.
 
“As pessoas demandam cada vez mais devices e óculos que pareçam normais, mas que nos permitam sobrepor todos os tipos de informação e objetos digitais sobre o mundo real”, disse Zuckerberg em um dos trechos de sua apresentação. A Camera Effects Platform inclui dois produtos: o Frames Studio e o AR Studio. O primeiro é um editor on-line, disponível globalmente, que permite criar molduras para as fotos de perfil ou para a nova câmera do Facebook. Já o segundo, pode ser usado para criar máscaras, efeitos de script, molduras animadas e outras tecnologias de AR.
 
Também foram anunciadas mudanças no Facebook Analytics que ganhou recursos para “otimizar a jornada do cliente por meio dos canais usados para interagir com ele, como um aplicativo e um site”. A nova ferramenta usa aprendizado avançado de máquinas e inteligência artificial para acompanhar insights como alterações em compras de uma nova versão do seu aplicativo ou variações no engajamento entre pessoas de diferentes cidades.
 
O Facebook Spaces, outra novidade, é um aplicativo de realidade virtual, onde você pode estar com seus amigos em um ambiente virtual interativo, como se todos estivessem na mesma sala. O Facebook Spaces foi lançado em beta para o Oculus Rift. Além disso, foram anunciadas várias mudanças no Messenger. O F8 2017 continua nesta quarta-feira, 19, focada em investimentos de longo prazo em conectividade, inteligência artificial, realidade virtual e aumentada, além de hardware.
 
Assassinato ao vivo
 
Nesta terça-feira, Zuckerberg também se pronunciou sobre o caso recente de um assassinato exibido na plataforma. “Nosso foco é continuar assegurando que essas tragédias possam ser impedidas”, disse Zuckerberg, durante a F8. Anteriormente, a empresa já havia emitido um comunicado oficial se comprometendo a revisar os recursos de denúncia ao vivo e facilitar que os usuários avisem os responsáveis sobre casos como este.



Meio&Mensagem (19/04/2017)



Comentários

    Atenção para o vencimento: 31 de janeiro
    

  Cadastre-se e receba nossa
  newsletter mensal




Filiado à

Sindicato das Agências de Propaganda do Estado de São Paulo - Av. Brigadeiro Faria Lima, 1656 2°andar - Conjunto 21 - Jardim Paulistano
CEP 01451-001 - São Paulo - SP - Telefone: 11 3035-0099 Fax: 11 3035-0091 - atendimento@sinaprosp.org.br

Todos os direitos reservados – Sinapro-SP – Desenvolvido por Dainet